Para não perder tempo: esse pode ser um dos melhores momentos dos últimos meses para investir em gás e petróleo

Estudo do Bradesco BBI mostra que quedas do setor geraram cenário propício para compra de ativos

Anúncios

Com tantas mudanças econômicas causadas pelo vírus, os investimentos em vários setores foram redirecionados. Essa diferença se fez não apenas pelos segmentos que apresentaram grandes perdas durante a pandemia, mas também (e principalmente) pelos novos hábitos dos consumidores brasileiros. 

Com todo o debate sobre as questões ambientais, alguns dos investimentos já tradicionais por aqui sofreram riscos. É o caso da área do petróleo e do gás natural, que já eram bastante discutidas por não serem tão “verdes”. Foram dias seguidos sem respostas, especialmente após a decisão do tribunal holandês sobre a Shell: a petrolífera precisa cortar suas emissões de carbono em pelo menos 45% até 2030. Essas incertezas, sem dúvidas, abalaram o mercado de ações e outros investimentos, mas, recentemente, esse jogo virou.

Um bom momento para investir em petróleo e gás natural

Mesmo diante de um cenário que está aquecido pelos debates voltados à sustentabilidade e ecologia, o momento parece propício para o investimento nas petroleiras. Após vários dias de perdas nos investimentos, dados do relatório do Bradesco BBI mostram que o cenário atual é propício para o setor. 

LEIA MAIS:

CARTÃO DE CRÉDITO
 
CARTÃO DA CAIXA
 
CARTÃO DE CRÉDITO NUBANK
 
CARTÃO PARA NEGATIVADO
             

As quedas, diz o estudo, foram impactadas pela variante Delta do coronavírus e o receio de mais protocolos de fechamento do comércio e lockdowns. Esse momento também veio aliado ao fraco desempenho de algumas empresas latino-americanas do setor, que culminaram em um período muito oportuno para a compra de investimentos.

De acordo com a pesquisa do Bradesco, o momento também é vantajoso para investimentos na carteira, especialmente por causa do desconto obtido após as baixas, que mantém suas perspectivas de lucros futuros.

 A questão é: quais são as ações mais indicadas?

O estudo do Bradesco sugere algumas opções mais lucrativas e promissoras para os próximos meses. Entre elas, há destaque para o mercado nacional, com a PetroRio (PRIO3), que tem o preço-alvo de R$ 25. 

Já a tradicional Petrobrás (PETR4) também aparece como uma boa alternativa de investimentos, embora seja bastante afetada por questões políticas do cenário brasileiro – que andam bastante voláteis nos últimos tempos. É importante ressaltar que a companhia consegue oferecer cerca de 12% de rendimento em dividendos até o período eleitoral de 2022, o que a torna uma opção bem atraente, ainda que mais arriscada.

No mercado internacional, o estudo sugere a compra das ações da Geopark, com preço-alvo de R$ 20 – um valor abaixo da PetroRio, mas, ainda assim, bem interessante na atual circunstância. 

Assim, já dá para perceber que o momento é tão propício que está valendo investir por todos os lados no setor. Vale de tudo para surfar a onda dos bons investimentos em momentos de crise – até mesmo pedir um empréstimo pessoal online para arcar com os valores de compra, visto que lá na frente esse valor é revertido com excelentes acréscimos, não é?

Rolar para cima