Saiba como refazer seu pedido do Auxílio Emergencial e corrigir informações

Desde a divulgação do Auxílio Emergencial por parte do Governo Federal várias dúvidas foram surgindo no transcorrer de todos os processos, pois diversas vezes as informações saíram de maneiras desencontradas, o que acabou deixando os possíveis beneficiados em dúvida.

Anúncios

Atualmente, a principal dúvida que está ocorrendo na cabeça das pessoas que tiveram o Auxílio Emergencial negado é se existe a possibilidade de refazer o pedido e consertar as informações que foram inseridas de maneira equivocada. Então, se você faz parte desse grupo de pessoas, saiba que está no lugar certo para aprender.

Descubra se você ainda pode refazer o pedido do Auxílio Emergencial

auxilio emergencial
Saiba como refazer o seu pedido do auxílio emergencial.

O Ministério da Cidadania informou que cada pessoa só poderá fazer alterações em seu cadastro do Auxílio Emergencial uma única vez, independente se for para uma nova solicitação, correção de dados cadastrais ou contestação do benefício.

Além disso, para que seja concedida a oportunidade caso não tenham sido aprovados e não tenham sido identificadas em nenhuma das questões abaixo:

  • Você não pode ser beneficiário da previdência social ou assistencial;
  • Sua renda familiar mensal não pode ser superior a meio salário mínimo por pessoa ou superior a três salários mínimos;
  • Você não pode ser servidor público em nenhum nível, seja municipal, estadual ou federal;
  • Estar recebendo auxílio desemprego ou seguro-defeso;
  • Você não poderá estar em um emprego formal.

Entretanto, caso você não se encaixe em nenhuma das opções acima e teve o seu Auxílio Emergencial como “Dados Inconclusivos’’, poderá ser feita uma solicitação, contudo é necessário que o cidadão tenha a consciência de que não será possível editar certas informações pessoais, pois uma vez em que o cadastro do Auxílio Emergencial foi enviado para análise e eles serão verificados com a base de dados administrativos federais.

________________
________________

A Caixa Econômica Federal divulgou através de seus canais de comunicação que os possíveis erros dos dados inconclusivos são:

  • Falta da marcação como chefe de família, não tendo a indicação de nenhum membro;
  • Falta de inserção da informação de sexo;
  • Inserção incorreta de dados de membro da família, tais como CPF e data de nascimento;
  • Existir alguma divergência no cadastramento entre membros da mesma família;
  • Inclusão de alguma pessoa da família com indicativo de óbito.

Como fazer para contestar o Auxílio Emergencial negado?

Se você teve o seu Auxílio Emergencial negado e deseja contestar a decisão, deverá ser acionada a Defensoria Pública da União e fazer a formalização no Processo de Assistência Jurídica, onde será documentado e o atendimento será realizado pela DPU.

Para que a contestação seja realizada é necessário que alguns documentos sejam apresentados pelo cidadão que provem o direito que possui de receber o auxílio. São documentos necessários:

  • Certidão do INSS que comprove o término ou a suspensão do benefício;
  • Documento que comprove a demissão do trabalhador;
  • Vídeo ou fotografia da pessoa para fins de prova de vida, entre outros.

Fique tranquilo, pois a Defensoria Pública da União prestará assistência jurídica integral e completamente gratuita para as pessoas que possuem renda familiar bruta menor de 2 mil reais por mês.

Contudo, fique atento, pois os atendimentos não ocorrerão de maneira presencial por conta da pandemia do novo coronavírus, então é necessário que o cidadão busque as informações necessárias diretamente com a DPU de seu município.

Na plataforma, os membros da DPU informarão o número de PAJ e os dados referentes aos documentos que comprovam a necessidade do cidadão referente ao Auxílio Emergencial.

Aprenda como ver se seu CPF foi utilizado para o Auxílio Emergencial

Algo chato que aconteceu com diversas pessoas, foi ao tentar cadastrar o seu CPF no site do Auxílio Emergencial e recebeu a mensagem dizendo que o número já havia sido utilizado ou que era invalido. Então, saiba que existe uma maneira de você verificar se seu CPF foi utilizado de maneira indevida.

Para saber se o seu CPF foi utilizado de maneira indevida existem dois sites em que você pode fazer a consulta, são eles: Cidadania e Consulta Auxílio.

Fique atento que em ambos os sites, no URL deve conter o “.gov.br”, pois isso mostra que é um site oficial do governo federal.

Agora que você já possui os sites em que pode ver se o seu CPF foi utilizado de maneira indevida, é necessário utilizar o seu celular ou computador e entrar em um deles.

Desse modo, será necessário colocar o seu CPF, nome de sua mãe e o nome completo, então deverá marcar a opção de que não é um robô e clicar em “enviar “.

A próxima tela que abrir você saberá se os seus dados foram cadastrados, pois você verá o “Resultado do processamento” e as etapas.

Nessa página você poderá ver qual foi a data do início do processamento dos dados e até o dia em que a análise foi enviada para Caixa.

Resultados possíveis para o seu benefício

BENEFÍCIO APROVADO: isso significa que todos os seus dados foram processados e aprovados, então você irá receber todas as parcelas referentes ao auxílio emergencial.

BENEFÍCIO NÃO APROVADO: isso significa que todos os seus dados foram processados, porém você não se encaixa nos requisitos exigidos para conseguir o benefício.

EM PROCESSAMENTO: caso apareça isso em sua consulta, significa que os seus dados estão sendo analisados e que em breve você terá uma resposta, se eles foram aprovados ou negados.

REQUERIMENTO NÃO ENCONTRADO: isso significa que nenhuma pessoa utilizou os seus dados para requerir o auxílio, então não existe nada em seu nome.

DADOS INDEFINIDOS: nesse caso existem alguns pontos que não estão completos e você deverá fazer alterações para conseguir ter os dados processados e então a resposta se foi aprovado ou não.

É importante que você saiba que o site vem apresentando instabilidades, pois existem muitas pessoas tentando acessá-lo simultaneamente.

Esperamos que esse texto tenha sido útil para você, compartilhe com seus amigos para que eles também se informem sobre o Auxílio Emergencial e não se esqueça de deixar um comentário, pois sua opinião é muito importante para nosso crescimento!

Gostou deste conteúdo? Siga-nos no Google Notícias:

COMPARTILHAR
COMPARTILHAR
TWITAR

VEJA TAMBÉM:

Copyright © 2019 – 2021 Dinheiro Bem Cuidado CNPJ: 23.654.977/0001-28

0

Aguarde… Carregando Conteúdo