Conheça os 5 maiores mitos sobre o Score da Serasa

Se você já solicitou empréstimos, cartões de crédito ou outros serviços financeiros, com certeza já ouviu falar da importância do Score da Serasa.

Publicidade

Porém, ainda existem muitos mitos sobre essa pontuação e é fundamental saber o que acontece quando a sua nota está baixa e, por outro lado, o que realmente faz o Score subir.

Publicidade
Publicidade

Por isso, neste artigo vamos mostrar e desvendar os 5 principais mitos sobre o Score da Serasa. Continue lendo, pois são informações de ouro para quem quer ter uma solicitação de crédito aprovada.

O que você procura?

CARTÃO DE CRÉDITO
 
APROVAÇÃO NO CARTÃO
 
CARTÃO PARA NEGATIVADO
 
CARTÃO SEM ANUIDADE

Score da Serasa: o que é?

Imagine que algum conhecido esteja lhe pedindo dinheiro emprestado. Você quer ajudar, mas não sabe se ele é realmente um bom pagador e não quer ficar no prejuízo. O que muita gente faz nessa hora é perguntar a amigos em comum se realmente pode confiar naquela pessoa, não é mesmo?

Publicidade

Pois é. A Serasa é como se fosse essa amiga para os credores. Quando alguém solicita um empréstimo, financiamento, cartão de crédito ou outro serviço financeiro desta modalidade para uma instituição financeira, ela checa junto à Serasa se o solicitante costuma pagar suas contas em dia.

E o que vai indicar se ele é bom ou mau pagador? Exatamente este Score, que é uma pontuação de 0 a 1000. Quanto maior for essa nota, mais bem-vista a pessoa será pelo mercado e melhores as chances de conseguir crédito com boas condições de pagamento.

Os 5 mitos sobre o Score

1 – Preciso ter renda alta para ter um bom Score

Esse é um mito no qual muita gente acredita. Embora ter uma renda alta ajude na hora de pagar as contas, não é isso que vai determinar se você é um bom ou mau pagador, que é o que realmente importa para o Score da Serasa.

Se você ganha um salário mínimo, mas paga todos os seus débitos – que estejam no seu nome – em dia, não possui muitos cartões de crédito e mantém seus dados atualizados no site da Serasa, seu Score com certeza será bom, independente da sua renda.

2 – Colocar o CPF na nota ajuda a subir o Score

Pedir o CPF na nota fiscal vem se tornando uma prática muito comum nos estados brasileiros quando o consumidor faz uma compra em algum estabelecimento comercial. Porém, a própria Serasa já afirmou que tal medida não interfere no cálculo do Score da pessoa.

Veja também:

CARTÃO DE CRÉDITO
 
OUTROS CARTÕES
   

Na verdade, o CPF na nota foi uma medida criada pelos governos estaduais com o objetivo principal de controlar a tributação fiscal do comércio e combater a sonegação de impostos.

3 – O Score sobe automaticamente depois de pagar a dívida

Outro mito preocupante. É normal que uma pessoa que finalmente tenha conseguido pagar a sua dívida fique ansiosa para ver o seu Score subir, mas isso não acontece instantaneamente.

Aliás, a empresa credora tem até 5 dias úteis para avisar à Serasa que a sua dívida foi paga e que pode retirar seu nome da lista de negativados.

Além disso, como a pontuação é dinâmica, um único fato talvez não seja suficiente para melhorar a sua reputação. Sendo assim, o importante é manter as suas contas em dia e não contrair novas dívidas. Fazendo isso, seu Score com certeza aumentará em breve.

Ah, e desconfie de quem promete limpar o seu nome ou aumentar a sua pontuação do dia para a noite, pois você estará sendo enganado.

Se quiser saber mais sobre o assunto, confira este outro artigo.

4 – Não conseguirei empréstimos e cartão de crédito com Score baixo

Felizmente, isso também não é verdade. É claro que um Score alto facilita e muito as coisas para quem precisa de crédito, mas hoje em dia há alternativas para aqueles que estão negativados ou com Score ruim.

Existem, por exemplo, os cartões de crédito pré-pagos, nos quais você faz a recarga do valor antes de usar o cartão e, assim, as empresas não correm riscos com inadimplência e não precisam fazer análise de crédito para que um cliente seja aceito.

Outra boa alternativa para quem tem uma renda fixa que possa ser comprovada são os empréstimos consignados. Como as parcelas são descontadas direto da folha de pagamento ou de algum benefício do INSS, as financeiras e bancos ficam seguros quanto ao pagamento, o que tornam as coisas muito mais fáceis.

Neste outro artigo, damos várias dicas de crédito para quem está com o nome sujo.

5 – A pontuação cai se eu ficar consultando

Isso não é verdade. A própria Serasa já garantiu que a pessoa pode consultar sua pontuação quantas vezes quiser e de forma gratuita, já que isso não interfere em nada no Score.

Lembrando que é muito fácil fazer essa consulta. Basta entrar neste link do site da Serasa e digitar o seu CPF e senha. Caso ainda não tenha essa senha, é só fazer um cadastro bem rápido no site.

Então o que realmente fará o meu Score subir?

Já que agora você conheceu os 5 mitos sobre o Score da Serasa, vamos dar 5 dicas para você realmente melhorar a sua pontuação:

 

  1. Ter contas em seu nome e pagá-las em dia
  2. Renegociar dívidas para manter o nome limpo
  3. Não contrair novas dívidas
  4. Manter os dados atualizados na Serasa
  5. Não solicitar vários cartões de crédito

Deixe um comentário